sábado, 30 de março de 2013

POEMA MODERNISTA

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO 


SUBSECRETARIA DE GESTÃO DE ENSINO
SUPERINTENDÊNCIA PEDAGÓGICA
DIRETORIA REGIONAL METROPOLITANA I








I. Plano de Aula: Data: 2013

II. Dados de Identificação:
Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA                                                  Série: 3º ANO EM      


III. Currículo Mínimo:
 
 - Relacionar os modos de organização da linguagem às escolhas do autor, à tradição literária e ao contexto sociocultural de cada época.
 
Matriz de Referência:
 
D03 - Inferir o sentido de uma palavra ou expressão.

 
IV. Objetivos:

Aprender o sentido da palavra a partir do contexto e de sua visão de mundo.
 
 
 V. Conteúdo:

POEMA MODERNISTA
 

VI. Desenvolvimento do tema
  
- Leitura do "Soneto de Separação", ao som de fundo musical: "Eu sei que vou te amar";

Soneto de separação

 Vinícius de Moraes

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
 
 
 
ATIVIDADE:
Questão I - A partir do contexto, o aluno deverá inferir o sentido das palavras:
 
Bruma - "Silencioso e branco como a bruma" - v2
 
O soneto apresenta uma comparação de bruma com os adjetivos silencioso e branco. Daí o sentido da palavra aparece a partir do conhecimento de mundo do aluno.
 
Vento -  "De repente da calma fez-se o vento" - v5

A palavra "vento" apresenta sentido conotativo. É apresentada no texto como contrária a calma, sugerindo confusão causada pela separação.
 
 
VII. Recursos didáticos:
Datashow, livro didático, CD de música.


VIII. Avaliação:
 
Avaliação oral e participação ativa dos alunos.

XIX. Bibliografia:

http://www.viniciusdemoraes.com.br/site/article.php3?id_article=160
http://www.4shared.com/audio/9JOjISpi/23_-_Eu_sei_que_vou_te_amar.html

MORAES, V. Antologia poética. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

 
X. Elaboradores do Plano:
 
Juliana Souza Santana (CE BERNARDINO DE MELLO JUNIOR)
Silvana Ferreira de Souza (CE Dr. MÁRIO GUIMARÃES)
Silvia Francisca da Rocha Campelo Silva (CE BERNARDINO DE MELLO JUNIOR)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário